Siga nossas Redes Sociais

A aparição de Nossa Senhora de Fátima contada para crianças

13/05/2021 . Formações

Olá crianças, como vocês estão?

Hoje, vamos falar de uma pessoa muuuito especial e importante, será que você sabe quem é? Vamos para as dicas! Ela foi uma Mulher obediente a vontade de Deus, dando seu SIM com toda firmeza e confiança, humilde e de um coração puro e cheio de fé e amor, ela é a cheia de graça, a Mãe de Jesus e nossa Mãe. Já descobriu quem é?

Siiim! Hoje falaremos sobre Nossa Senhora, nossa querida e doce Mãezinha do Céu, Imaculada e sempre Virgem Maria! E hoje em especial, falaremos do título de Nossa Senhora de Fátima.

A história começa lá em 1917, em uma pequena aldeia chamada Fátima, em Portugal, com 3 crianças: Lúcia, e seus primos Francisco e Jacinta. Os três gostavam muito de brincar e tinham a função de pastorear as ovelhas, a mãe dos pastorzinhos recomendavam que ao guardar as ovelhas, rezassem o santo terço, e assim faziam.

Um dia, enquanto brincavam, viram aproximar-se deles um jovem anjo, mais branco que a neve, e o anjo disse:

– Não tenham medo, sou o anjo da Paz, rezem comigo. E, inclinando a cabeça, pediu para que repetissem esta pequena oração, 3 vezes: “Meu Deus eu creio, adoro, espero e amo-Vos. Peço-Vos perdão para os que não creem, não adoram, não esperam e não Vos amam.”

As palavras do anjo ficaram gravadas no coração dos pastorzinhos e a partir daquele momento, por muitas vezes se ajoelhavam para rezar essa oração. O anjo apareceu outras vezes, pedindo às crianças para que fossem boas e que não deixassem de rezar pela paz e pelo mundo.

Então chegou o grande dia, era 13 de maio de 1917, Lúcia, Francisco e Jacinta após terem ido à Missa e reunido as ovelhas, foram para a “Cova da Iria”, de repente viram um enorme clarão no céu, como de um relâmpago, acharam que ia chover e por isso se recolheram para ir embora e foi quando viram um segundo clarão em cima da copa de uma árvore (chamada azinheira) e em seguida viram Nossa Senhora de Fátima.

Segundo as crianças, a visão era de uma “Senhora mais brilhante que o Sol”, e em suas mãos tinha um Rosário. Serena e tranquila disse às crianças: “Vim para pedir que venhais aqui seis meses seguidos, sempre no dia 13, a esta mesma hora. Depois vos direi quem sou e o que quero. Em seguida, voltarei aqui ainda uma sétima vez”. Antes de ir embora, Nossa Senhora de Fátima ainda falou: “Rezem o Terço, todos os dias, para alcançarem a paz para o mundo e o fim da guerra.”

Quanto chegaram em casa, Jacinta estava tão emocionada que não foi capaz de guardar segredo e contou tudo aos seus pais, a notícia espalhou-se pela aldeia, mas ninguém acreditava nos pequenos. As autoridades daquele lugar pensaram que os Pastorzinhos tinham inventado aquela história e o administrador chegou até mesmo prende-los para os assustar e levá-los a dizer a verdade.

Mas, como Nossa Senhora tinha prometido, ela continuava a aparecer na Cova da Iria nos dias 13 de cada mês, cada vez mais, as pessoas se dirigiam para aquele local para rezar.

Foi então que no dia 13 de outubro, aconteceu o milagre do Sol, que dançou e rodopiou no céu, um sinal visível para que todos acreditassem nos pastorzinhos. Ao aparecer, Nossa Senhora pediu às pessoas que rezassem o terço todos os dias, e disse que era a Senhora do Rosário, depois, fez um milagre visível no céu.

Passado pouco tempo, Francisco e Jacinta ficaram muito doentes e Nossa Senhora veio buscá-los para o céu. Lúcia viveu ainda muitos anos, ela tornou-se irmã Carmelita, para passar todo o tempo em oração e penitência, como lhe tinha pedido Nossa Senhora, faleceu em 2005, com 97 anos.

No dia 13 de maio de 2017, o Papa Francisco canonizou os pequenos pastores Jacinta e Francisco Marto, eles foram as primeiras crianças não mártires santificadas pela Igreja.

Que possamos ser como Lúcia, Francisco e Jacinta, que buscaram ser obedientes em suas responsabilidades como pastores e também como cristãos, que foram fiéis ao pedido de Nossa Senhora e buscaram com empenho fazer o que a Mãezinha de Fátima pediu, buscando rezar o santo terço diariamente, fazer o bem mesmo que seja difícil, arrepender-se das maldades e pecados que cometemos e ajudar para que muitos se arrependam e mudem de vida, a consolação do coração de Jesus e de Maria, e a entrega de nosso coração para Nossa Senhora, para que Ela cuide e nos ajude a fazer sempre o bem, as boas obras e que levemos a paz de Jesus para o mundo.

Preparamos um lindo Caderno de Atividades para as crianças fazerem nesse dia, clique aqui e baixe agora!

Nossa Senhora de Fátima, rogai por nós!

Tudo por Jesus, nada sem Maria!

Assista também ao vídeo:

Curados para amar – A palavra tem poder OUVIR TODOS