Siga nossas Redes Sociais

Conheça o temperamento Colérico

26/08/2022 . Formações

Augusta Rainha!

Continuando a série de formações sobre os Temperamentos, conheça um dos tipos caracterológico cuja força e característica é a Atividade. É o COLÉRICO.

Veja antes, a última formação sobre O que é temperamento? Como faço para descobrir o meu?

Lembre-se: para essa formação utilizou-se os oito possíveis temperamentos, definidos por Le Senne, Gaston Berger e, depois, pelo Pe. Luigi Maria Rossetti no livro Prática de Caracterologia religiosa, escrito em 1961. Portanto, essa formação está baseada na obra citada. São eles: Colérico, Apaixonado, Nervoso, Sentimental, Sanguíneo, Fleumático, Amorfo e Apático.

A AÇÃO é o valor dominante do Colérico

  • Por ser Ativo, sente a necessidade de agir por agir, não pode estar parado, sem fazer nada; frente a um obstáculo, empenha-se a fundo para vencê-lo: esta é sua alegria!
  • Por ser Primário é dinâmico, mas não constante. Tem uma atividade improvisada, e, por isto, com a mesma facilidade com que inicia uma ação, deixa-a sem terminar, para começar outra nova. Sua atividade é febril, porém pouco ordenada e sem profundeza.
  • Por ser Emotivo sua ação é vibrante diante do que tem que fazer. Geralmente é entusiasta e otimista.

Virtudes e defeitos predominantes: 

– Virtudes que podem prevalecer: em geral, tende à alegria; em geral, é intenso no que faz e se propõe a fazer; ama a atividade; em geral, gosta dos esportes movimentados; tende a ser entusiasta e a valorizar a vida; é combativo; tem ideais elevados; em geral, é prático, trabalhador e rápido no que faz, organizando acertadamente as atividades de grupo; compreende com rapidez, e, em geral, sabe improvisar bem; tende a sentir-se seguro e a amar aquilo que está fazendo ou que fez a opção por fazer; em geral, quer dar seu sim a Deus com presteza, naquilo que o Espírito Santo lhe pede; tende a ser dócil e prestativo, tendo também espírito de iniciativa e coração grande; tende a se levantar rápido depois que cai, esquecendo dos fracassos; sofre com o sofrimento do próximo.

– Defeitos que podem predominar: pode variar rápido de humor (instabilidade de humor), tendo, inclusive, reações fortes com os outros; nem sempre sabe trabalhar em comunidade, em equipe; impulsivo, imprudente, fazendo coisas da sua cabeça sem consultar antes seus superiores ou conselheiros espirituais, e assim abandonar coisas sem acabar; pode tomar para si erros dos outros; pode lhe custar muito reconhecer seus erros; quer frutos imediatos e, às vezes, não sabe esperar o tempo de Deus, entristecendo-se com isso; pode dispersar as forças, fazendo muitas coisas ao mesmo tempo, sem ordem ou programação; de fato, pode tender a não se programar no uso de seu tempo; nem sempre é metódico;  gosta de mudanças de horários; pode ser impaciente com os demais; pode tender a ser o centro das decisões e vaidoso; em geral, não gosta de depender dos outros, e pode lhe custar a obediência;

Outras possíveis características 

– Sua inteligência está dirigida ao concreto, imediato, imaginativo, técnico; é um temperamento que, em geral, é o mais feliz por viver; para alguns custa envelhecer; tende a querer mudar os outros, mas tem dificuldade em mudar a si mesmo; pode ter dificuldades na obediência, pois, em geral, não gosta que lhe imponham coisas; tem que cuidar para não querer ser o centro de tudo; pode lhe custar ter tudo igual aos outros; quando está cansado, busca o afeto dos demais (é preciso cuidado com a castidade); gosta da ação pastoral, mas, em geral, não sabe trabalhar em comunidade, em equipe; tende a sofrer com o seu passado mal resolvido, com seus erros, e não tanto com os erros dos outros.

Exemplos de santos: São Pedro apóstolo e Santo Inácio de Loyola.

Exemplos históricos: Vitor Hugo, Balzac.

E você, se identifica com o temperamento Colérico? Faça o teste aqui e confira se estava certo. Se sim, mãos à obra na luta pela santidade. Reconhecendo as próprias virtudes e defeitos dominantes, o trabalho se torna mais eficaz.

Tudo por Jesus nada sem Maria!

Curados para amar – A palavra tem poder OUVIR TODOS